Perguntas mais frequentes sobre o BIM

ENGworks - BIM Frequently Asked Questions

Definimos a Modelagem de Informação da Construção (Building Information Modeling / BIM) como o processo de geração e gestão de uma base de dados de informação da construção, em suporte inteligente/tridimensional, durante todo o ciclo de um projeto. O processo produz um modelo de informação da construção em 3D, que engloba geometria, relações espaciais, informação geográfica, bem como quantidades e propriedades dos componentes da construção. Através da construção e compreensão virtual do projeto, riscos são atenuados no início da construção. Essa representação virtual das características físicas e funcionais de uma instalação serve como um depósito de informação compartilhado e colaborativo durante todo o ciclo de um projeto, proporcionando uma melhor execução de simulações de design, analise de conflitos, custo, avaliação de construção e cronograma, gestão de instalações.


1. O que é o BIM?

A Modelagem da Informação da Construção (Building Information Modeling - BIM) é uma ferramenta de desenvolvimento para a construção de conceitos orientados a objetos usando modelagem 5D, tecnologia da informação e interoperabilidade de software para projetar, construir e operar um projeto de construção e para comunicar os detalhes.

2. O que significa isso?

BIM é uma ferramenta de desenvolvimento da construção que se baseia num modelo 3D de um edifício criado num software de modelagem orientado a objetos. Uma vez que o modelo é criado, ele pode ser usado para ajudar com as tarefas de desenho, construção e operacionais, mas também pode ser usado como uma ferramenta de comunicação. Diferentes usos do BIM podem exigir diferentes aplicações de software para utilizar o modelo, de modo que o BIM requer software para ser interoperável.

3. O que significa 5-D?

5-D refere-se a todas as dimensões atuais do BIM, onde a terceira dimensão (3D) é considerada o espaço, a quarta dimensão (4D) é considerado o tempo, e a quinta (5D) é o custo. No futuro, a referência será modificada para incluir 6D (aplicativos de compras) e 7D (aplicações operacionais).

4. Quais são alguns dos usos do BIM?

A maioria dos construtores são propensos a começar a usar o BIM através de "usos parciais." A lista de utilizações parciais de BIM parece quase infinita. Para os construtores que já utilizam BIM, a lista parece crescer diariamente. Para aqueles começando a usa-lo, a seguinte lista representa alguns dos usos no inicio mais comuns, mais que a experiência contratados em seus experimentos com BIM:

• Visualização
• Esclarecimento do Escopo
• Coordenação de Especialidades, Instaladores e Construtores
• Detecção / Prevenção de Colisões
• Validação do Desenho/ Projeto
• Planejamento e Seqüenciamento da Construção / Faseamento de Planos / Logística
• Apresentações de Marketing
• Análise de Opções
• Navegação Virtual
• Mock-Ups Virtuais
• Estudos da Linha de Visão

5. Quais são alguns dos benefícios do BIM?

Aqueles que usam BIM vão quase universalmente dizer-lhe que o número de novos benefícios que eles estão descobrindo parece interminável. Alguns são:

• Ajudar com escopo durante a licitação e compra
• Revisão de partes do escopo para análise, por exemplo, engenharia de valor
• Coordenar a construção de seqüenciamento (mesmo que apenas por dois negócios)
• Demonstração de aproximações do projeto durante as apresentações de marketing
• A capacidade de identificar colisões (por exemplo, a identificação de instalações colidindo com elementos estruturais).
• A capacidade de visualizar o que vai a ser construído num ambiente simulado
• Menos erros e correções no campo durante a construção
• Maior confiabilidade nas condições de campo esperadas, permitindo a oportunidade de arranjar mais pré-fabricação de materiais fora do local, a uma maior qualidade e a um menor custo
• A capacidade de planejar mais "possíveis" cenários, por exemplo, para diversas opções de seqüenciamento, logística, alternativas de elevação, custos, etc.
• A capacidade para pessoas não-técnicas (clientes, usuários, etc.) de visualizar o produto final
• Menos re-trabalhos e, portanto, menores custos de garantia

BIM parece bom demais para ser verdade.

1. Quais são algumas das barreiras para sua aplicação na indústria?

• Mudança do paradigma: BIM vai trocar a nossa forma de trabalhar. O gráfico vertical de organização típico não vai funcionar para BIM, porque mais colaboração é precisa. E isso se torna uma barreira, porque velhas práticas morrem dificilmente.
• Tecnologia e software: sem padrões de indústria e interoperabilidade, pode ser difícil compartilhar modelos de construção. Isto aloca um problema, porque BIM precisa de colaboração.
• Questões legais: Há uma percepção de grande responsabilidade dentro das comunidades de Arquitetura e Construção que dificulta a aplicação de BIM na indústria.

2. Que tipo de barreiras eu vou encontrar durante a aplicação de BIM?

• Inicialmente, os medos: todo mundo precisa superar os medos legais e de riscos, o medo à mudança, medo ao desconhecido, etc.
• Curvas de aprendizagem do Software
• Falta de apoio dos líderes das empresas
• Falta de apoio da equipe operacional
• Custos de investimento inicial

3. Quanto custa aplicar o BIM?

Não há uma única resposta a esta pergunta. No entanto, para se ter uma idéia do custo, consideram o que é preciso para implementar o BIM: licenças de software, hardware novo, novo pessoal, treinamento no software, etc.

A implementação do BIM pode ser caro; no entanto, tenha em mente que é maior a poupança de custos (e dores de cabeça) associada com o uso do BIM. Para não mencionar o reconhecimento de clientes dos benefícios para eles, um fato que irá conduzir as capacidades BIM para o centro dos critérios de selecção no futuro próximo para desenhistas e construtores.

4. Quem deve pagar pelo modelo?

A pergunta mais comum feita é, "¿Quem está recebendo o maior benefício e, portanto, deve suportar os custos do desenvolvimento do modelo?". O crescente consenso é que beneficia a todos e, portanto, todos devem suportar alguns dos custos.

Como aludido acima, as despesas do próprio bolso, mesmo depois de espalhar a tecnologia inicial e investimento em formação, acredita ser muito menos do que os benefícios do custo. Esforços de pesquisa estão em andamento para provar este ponto, mas até que os resultados estão dentro, o maior desafio é alinhar quem está recebendo o benefício contra quem está pagando as despesas do seu próprio bolso. O método de entrega, o tipo de contrato e as bases de reembolso podem ditar como e para quem os benefícios de custo fluíram.

5. O que devo considerar quando se inicia o caminho BIM?

Faça um plano e mantê-lo simples e específico. Concentre-se em objetos tangíveis e evite o aumento do escopo. Evite a implementação do BIM em vários projetos antes de ter aprendido as lições de usar BIM num deles.

Mais importante ainda, não exagere o BIM ou faz promessas que não pode manter.

Tudo bem, eu comprei. Agora, ¿qual é o próximo passo?

1. Como posso começar com o BIM?

Tanto para empresas de design e como de construção, o primeiro passo é o mesmo: escolher um primeiro projeto para testar o processo. Os dois tipos de empresas precisam investir em BIM software, hardware, pessoal e treinamento.

As empresas de design podem imediatamente começar a utilizar o software para desenvolver projetos para o seu projeto protótipo. A menos que eles estão trabalhando com uma empresa de design usando BIM, as empresas de construção terão que criar um modelo 3D do seu projeto-piloto (utilizando um processo conhecido como conversão de 2D).

Algumas empresas acham que é útil ter um consultor BIM para ajudar com o treinamento e a implementação.

Um comitê diretivo BIM pode ajudar a equipe manter o foco em seus objetivos tangíveis. Incluir aos diretivos seniores e a os usuários finais pode ser uma maneira eficaz de ganhar sua adesão e apoio.

2. Quais dos membros da equipe terão que ser envolvidos no processo BIM?

Porque BIM é um processo colaborativo, o ideal seria que a equipe do projeto inteiro está envolvida: o proprietário, arquiteto, engenheiros, consultores, construtores e especialistas.

No entanto, a implementação do BIM nem sempre acontece num ambiente ideal, por isso lembre-se de manter o proprietário e outros não-participantes do projeto BIM ao corrente dos desenvolvimentos e atualizações.

3. Que tipo de software poderia precisar para o uso de BIM?

Tenha em mente que cada empresa não precisa de cada um destes tipos de software:

• Software de modelagem 3D orientado a objetos para criar e manipular modelos (i.e. Autodesk, Revit ou Bentley Microstation)
• Software de análise da Engenharia (i.e. Risa 3D ou Tekla Structures)
• Software de renderização (i.e. 3D Studio Max)
• Software de coordenação (i.e. Navisworks ou Tekla Structures)
• Software de estimativa (i.e. Timberline ou Graphisoft Constructor)
• Middleware (i.e. Innovaya ou Avatech Earth Connector)
• Software de Detalhamento (i.e. Tekla Structures ou SDS/2)

4. Como posso aprender tudo sobre este software?

Treinamento - a partir dum consultor BIM, tutoriais de software, um colega de trabalho ou um centro de treinamento autorizado.

5. O que é uma "Conversão 2D"?

De acordo com a Guia do Construtor da AGC (Associated General Contractors of America, nos Estados Unidos) para BIM, uma conversão 2D é:

A conversão 2D é o processo de tomar os arquivos de CAD tradicionais (tais como .dwg) e usar os atributos necessários para adicionar a terceira dimensão que permite ao desenho 2D começar a tomar sua forma 3D.

A definição de Guia do Construtor simplifica um pouco o processo; uma conversão 2D não é um processo que ocorre automaticamente com o clique dum botão. A conversão de 2D requer que um modelador digitalmente trace os documentos 2D num programa de modelagem baseado em objetos.

6. Como faço para concluir uma conversão 2D?

Qualquer pessoa com o software e treinamento adequados pode converter desenhos 2D em 3D; a maioria dos modeladores foram capazes de fazer progressos notáveis com menos duma semana de treinamento. O período de tempo que leva para fazer uma conversão é, naturalmente, proporcional à quantidade de experiência que o modelador tem a complexidade do projeto e o nível de detalhe dum modelo. As conversões podem ser feitas pelo contratante ou por provedores de serviços.

Fonte: BIMForum. Estados Unidos.

Nosso Portfolio

Embraco – Fabricante de Compressores

Área: 275,000 sf | 25.500 m2 Localização: Apodaca. México Cliente: Garza Ponce Desarrollos

Harvard Dunster House

Área: 170,000 sf | 15.794 m2 Localização:  Cambridge, MA. Estados Unidos.

Acessórios de tubulação Victaulic

Categoria do produto: Acessórios de tubulação Quantidades do produto: 250 produtos Cliente: Victau...

Centro de Dados Northlake

Área: 707,000 sf | 65682 m2 Localização: Northlake, IL. Estados Unidos Construtora: Turner Constru...

Manquehue O´Connell

Área: 2,389,588 sf | 222.000 m2 Localização: Santiago. Chile Cliente: Las Americas

Registe na nossa Newsletter

Registe na nossa Newsletter e receba grátis as últimas notícias sobre BIM.

Nome (*)
Please add a value for .
Sobrenome (*)
must contain only 0-9,a-z,A-Z characters
Email (*)
is not a valid e-mail address.

BIM FAQs