Como anda o BIM nas incorporadoras - Página 3

Índice do Artigo
Como anda o BIM nas incorporadoras
Tecnisa: BIM no Jardim das Perdizes
Sinco Engenharia: hospedagem em nuvem
Gafisa: modelo aberto
JHSF: controle de custos e prazos
Odebrecht: modelagem avança junto com obra
Todas as Páginas

Sinco Engenharia: hospedagem em nuvem

Na Sinco Engenharia, o processo de implantação do BIM teve início em 2010. "Naquela época, recebíamos quase todos os projetos em 2D, com exceção do estrutural. O trabalho da modelagem acabava recaindo sobre as equipes internas", lembra o diretor Fernando Augusto Correa da Silva. Ele conta que, no inicio, poucos projetistas estavam dispostos a investir no processo, em especial nas disciplinas de instalações. "Alguns arquitetos chegaram a oferecer duplicidade no preço do projeto acrescido de licenças dos softwares utilizados para entrega de seus modelos", recorda.

Mas desde então se avançou muito. Três edifícios comerciais, um shopping center e dois residenciais da Sinco já empregaram o BIM, em diferentes graus. Hoje, a empresa se prepara para tomar o modelo operacional dentro do canteiro de obras com o apoio da hospedagem em nuvem, "A introdução do BIM na obra, com o planejamento e o controle alimentando o modelo e ajustando-o às metas assumidas, é um de nossos objetivos, assim como a criação do modelo de manutenção (6D)", acrescenta Silva.

Para isso, a Sinco vem apostando no processo aberto que prevê interoperabilidade e dá a opção aos players de utilizar o software de sua preferência. A arquitetura é modelada por meio do ArchiCad, a estrutura vem em IFC da TQS e passa por alguns ajustes, as instalações são modeladas por terceiros com o Revit MEP, a compatibilização e a retirada de quantidades é feita com o Solibri e, na pré-construção (4D), é utilizado o Synchro.

"Nossos próprios resultados passaram a ser motivadores para que as parcerias se efetivassem", conta Silva. "Acabamos de fechar um novo projeto com área total próxima a 50mil m2, no qual todos os projetistas entregarão seus modelos e, por meio do Solibri, gerenciaremos as compatibilizações, a retirada de quantidades e a validação desses modelos. Será o início de uma nova fase, e acreditamos na evolução de todo o time em qualidade e produtividade", comenta o diretor da Sinco, segundo o qual a presença do processo BIM na empresa não tem data de término.



FacebookTwitterGoogle BookmarksLinkedIn

Contate-nos!

Nome (*)

must contain only 0-9,a-z,A-Z characters
Email (*)

is not a valid e-mail address.
Telefone


Empresa (*)

must contain only 0-9,a-z,A-Z characters
Comentário




Invalid Input



Nosso Portfolio

Acessórios de tubulação Victaulic

Categoria do produto: Acessórios de tubulação Quantidades do produto: 250 produtos Cliente: Victau...

Harvard Dunster House

Área: 170,000 sf | 15.794 m2 Localização:  Cambridge, MA. Estados Unidos.

Centro de Dados Northlake

Área: 707,000 sf | 65682 m2 Localização: Northlake, IL. Estados Unidos Construtora: Turner Constru...

Manquehue O´Connell

Área: 2,389,588 sf | 222.000 m2 Localização: Santiago. Chile Cliente: Las Americas

Embraco – Fabricante de Compressores

Área: 275,000 sf | 25.500 m2 Localização: Apodaca. México Cliente: Garza Ponce Desarrollos

Registe na nossa Newsletter

Registe na nossa Newsletter e receba grátis as últimas notícias sobre BIM.

Nome (*)
Please add a value for .
Sobrenome (*)
must contain only 0-9,a-z,A-Z characters
Email (*)
is not a valid e-mail address.

Quem Somos Notícias BIM Como anda o BIM nas incorporadoras - Página 3