BIM - Por que implementar o uso e o que vai mudar na Gestão de Arquitetos, Engenheiros, Construtoras e Incorporadoras

Com frequência, cada vez maior, nos deparamos no dia a dia das nossas atividades com a sigla BIM, abreviatura de Building Information Modeling, em princípio uma nova plataforma para elaboração de projetos.

O BIM permite a construção virtual, em modelo 3D, da nossa Obra através do abastecimento das informações multidisciplinares de todos os Projetos envolvidos, antecipando e facilitando todos os ajustes necessários.

Evidente que a adoção do BIM passa por uma assimilação da uma nova cultura empresarial e dos investimentos necessários para a sua implantação, uma vez que o trabalho em equipe, dentro desta filosofia, torna-se imprescindível.

Estes investimentos com certeza terão o devido retorno porque com a evolução da demanda por esta plataforma no mercado, existirão apenas dois tipos de empresas num futuro próximo, as que desenvolvem seus produtos em BIM e as demais.

Semelhante ao que aconteceu com a adoção e evolução do CAD o BIM agilizará os processos e diminuirá sensivelmente o tempo gasto com as adaptações que ocorrem normalmente durante a fase de Projetos e de Execução da Obra.

Outro ponto forte da plataforma consiste no melhor gerenciamento de custos, prazos e da construção propriamente dita, pois todas as informações, tais como características dos materiais, tamanhos, especificações, dimensões e outras, estão contidas no modelo. A possibilidade de simulações de variações de técnicas construtivas ou adoção de diferentes materiais tornam a análise de situações e tomada de decisões, tarefas mais rápidas e seguras.

As etapas Projeto, Planejamento e Implantação são desenvolvidas quase que simultaneamente. A presença de um Coordenador de Projetos será fundamental para organizar o fluxo de informações, compartilhar e compatibilizar as atividades das equipes envolvidas.

O sonho de todo o profissional de orçamento virou realidade, pois a parametrização do modelo 3D possibilita a elaboração de quantitativos mais precisos, tornando-se importante diferencial competitivo quando da elaboração de propostas.

Quem conseguir associar um orçamento real com a necessária diminuição dos desperdícios de material e mão de obra, usuais na construção atual, pode estar chegando próximo do sonho de consumo de toda Empresa, custo real e resultado certo, minimizando os riscos inerentes da atividade.

Fonte: BIM – Por que implementar o uso e o que vai mudar na Gestão de Arquitetos, Engenheiros, Construtoras e Incorporadoras. Blog engenheironline. Março 3, 2011.

FacebookTwitterGoogle BookmarksLinkedIn

Contate-nos!

Nome (*)

must contain only 0-9,a-z,A-Z characters
Email (*)

is not a valid e-mail address.
Telefone


Empresa (*)

must contain only 0-9,a-z,A-Z characters
Comentário




Invalid Input



Nosso Portfolio

Manquehue O´Connell

Área: 2,389,588 sf | 222.000 m2 Localização: Santiago. Chile Cliente: Las Americas

Centro de Dados Northlake

Área: 707,000 sf | 65682 m2 Localização: Northlake, IL. Estados Unidos Construtora: Turner Constru...

Harvard Dunster House

Área: 170,000 sf | 15.794 m2 Localização:  Cambridge, MA. Estados Unidos.

Embraco – Fabricante de Compressores

Área: 275,000 sf | 25.500 m2 Localização: Apodaca. México Cliente: Garza Ponce Desarrollos

Acessórios de tubulação Victaulic

Categoria do produto: Acessórios de tubulação Quantidades do produto: 250 produtos Cliente: Victau...

Registe na nossa Newsletter

Registe na nossa Newsletter e receba grátis as últimas notícias sobre BIM.

Nome (*)
Please add a value for .
Sobrenome (*)
must contain only 0-9,a-z,A-Z characters
Email (*)
is not a valid e-mail address.

Quem Somos Notícias BIM BIM - Por que implementar o uso e o que vai mudar na Gestão de Arquitetos, Engenheiros, Construtoras e Incorporadoras